ARTIGO #2 - COMPREI UM PST VITA (WHAT?!)

Na cor vermelho-malandragem.

O ano é 2018. Um maluco aí lançou um carro no espaço em direção à Marte. Carros autônomos matam pessoas. Assistentes pessoais estão cada vez mais presentes nos smartphones. E depois de um acesso de loucura inacreditável, este que vos escreve foi até uma loja de eletrônicos e comprou (pelo preço cheio, modelo novo e lacrado) um PS Vita. Calma que eu explico!

Ultimamente eu estou em uma vibe minimalista. Talvez por ter mudado inúmeras vezes de casa (e morar em 3 continentes), eu tenha percebido que é muito mais conveniente praticar a arte do desapego e ter pertences que, no máximo, caibam em duas malas grandes de viagem.

Levando em consideração que na maioria dos lugares ainda é proibido andar pelado na rua, boa parte desse espaço é ocupado com coisas desinteressantes como roupas e documentos. Isto posto, me resta concentrar o Ki em reduzir os eletrônicos essenciais à minha mochila (até o presente momento eu não tenho mochila mas você entendeu o ponto né).

Pausa para contemplarmos o fato que comprei um fone da mesma cor pra combinar

Eu consigo até ouvir o "tá, mas e daí?". Daí que me bateu uma saudade enorme de jogar uns clássicos da Sony/Playstation como Final Fantasy X, Metal Gear Solid 3, Patapon, entre outros jogos antigos de PS1. Como estou no Japão e aqui ainda é extremamente fácil de conseguir um PS Vita novo em qualquer loja, fui lá e comprei. Já que o patrão ficou maluco, comprei um case e um cartão de 64 GB porque eu tenho preguiça de ficar trocando mídia física. Foda-se.

Para deixar a minha consciência um pouco mais tranquila da merda que eu fiz, disse para mim mesmo que vou jogar tudo em Japonês. Afinal de contas, aprender novos idiomas com jogos foi muito efetivo no passado, por que não tentar de novo? Por enquanto estou me aventurando em um título um pouco mais recente: World of Final Fantasy. Confesso que não estou entendendo muito da história ainda, mas tá bacana! Isso aqui não é um review mas se eu fosse resumir em uma linha: é tipo um pokémon onde os treinadores são uns funko pop.

Olha aí que boniiiito fi!

Eu também tenho o Nintendo Switch e gosto DEMAIS dele. Os jogos são bem diferentes e acredito não ser redundante. Apesar de portátil, o Switch é um tanto quanto maior / mais pesado para carregar e eu prefiro deixá-lo na Dock na maioria do tempo. Virou o meu "console de mesa".

Ter ambos não interfere na Lei no 5.425, parágrafo 4, versículo 3 que diz: "Tem que cabê na mochila". Então, tá tudo certo! Provavelmente ainda vou fazer mais um post sobre o que eu carrego todo dia comigo (famigerado EDC - Every Day Carry) quando eu tiver uma mochila. E você? O que carrega na sua mochila?

Comentários

  1. Caralho, um cartão de 64gb pro PS VITA, meu deus, isso é top.

    Só digo uma coisa, quero entrar na onda e fazer também um post de every day carry hahhauahaah

    Bjosssss

    ResponderExcluir
  2. Joga Innocent Life: A Futuristic Harvest Moon :D

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas